Rodrigo Serrão – Bach Minuet in G

artigo, música, música portuguesa

   Rodrigo Serrão acabou de lançar o seu mais recente êxito musical.

Podemos encontrar as suas obras no CD Stick to the Music , à venda nas lojas FNAC ou na sua página pessoal, ou em formato digital, em todas as plataformas musicais tais como a ItunesAmazon  e o Spotify .

 

Anúncios

Rodrigo Serrão – Swallows Nest

música, música portuguesa

 

“Há algo que reconhecemos sempre neste sentir português… Não se reduz às características de uma linguagem musical e está muito para lá dos instrumentos que a tocam. Na verdade está em todo o lado: na terra, na água, nos silêncios, nos olhares e nas palavras e, para nós, traduz-se sobretudo entre pausas, na escolha segura de certas notas. Habita e atravessa-nos: sem sabermos muito bem de onde vem mas com a clara noção de onde está, ao que soa e para onde nos leva… e leva-nos para casa, sempre.
Por isso este repertório.
São assim as coisas… nesta língua ou noutras, sempre as mesmas, sempre as nossas: as noites de Verão e as tardes de Primavera… os campos, as amoras e as silvas…. as casas e os becos, os bairros, os barcos e as traineiras, as gaivotas e o Atlântico… os amores e as paixões… os rebanhos, os cães, os cavalos e a campina…ou a planície e o horizonte! O doirado do trigo ou o cinzento do granito… o orvalho pela manhã… o pôr-de-cada-sol e a saudade.
Fomos sempre assim, somos esta gente e sentimos desta maneira. É daqui que vem esta música.”

Rodrigo Serrão

Inisheer

música portuguesa

 

De e por Rodrigo Serrão

Um CD a descobrir em fevereiro, Stick to The Music.

Rodrigo Serrão – Hei de Amar-te a Vida Inteira

artigo, música, música portuguesa, poema

 

O poema

— Hoje quero dar-te o sol…

— Dá-me então a lua cheia,
debruçada em ondas mansas
que se estendem pela areia

Hoje quero ser a chuva…

— Pois então eu sou a terra
que o meu corpo é todo um fogo
em resposta à primavera…

— Hoje, quero ser o vento
num poema deslumbrado,
e mostrar-te sem ter medo,
porque estou sempre, ao teu lado

— Hoje quero dar-te tudo,
de uma vez e para sempre,
quero ser como um guerreiro,
que a ti se entrega, simplesmente.

Hoje quero ouvir-te os sonhos,
sós,
à luz de uma candeia.
Hoje quero ter o tempo
de te amar a vida inteira…

— E só por isso dou-te a mão,
e com ela este recado,
meu amor a eternidade….

São os momentos lado a lado

 

 

Rodrigo Serrão -Canção de Embalar

música portuguesa

 

 

Dorme meu menino a estrela d’alva
Já a procurei e não a vi
Se ela não vier de madrugada
Outra que eu souber será p’ra ti

Outra que eu souber na noite escura
Sobre o teu sorriso de encantar
Ouvirás cantando nas alturas
Trovas e cantigas de embalar

Trovas e cantigas muito belas
Afina a garganta meu cantor
Quando a luz se apaga nas janelas
Perde a estrela d’alva o seu fulgor

Perde a estrela d’alva pequenina
Se outra não vier para a render
Dorme qu’inda a noite é uma menina
Deixa-a vir também adormecer