There’s no Age for Dancing

7.ª arte

 

Apesar do título em língua inglesa, um produto 100% Português.

 

Podia muito bem ser uma história de amor e ternura entre avô e neto e, na realidade, não foge muito disso. O filme reúne o “pai do sapateado”, Michel, e uma das maiores esperanças no ballet, Francisco. Em palco, Michel anula a gravidade numa dança leve e intemporal, num registo que cala a sua idade. Francisco move-se com a maturidade que ainda não tem, em coordenações certas e infalíveis, plenas de emoção. Juntos, destronam padrões e preconceitos num aplauso prolongado por uma admiração mútua, sublinhando o maior dos ensinamentos: para a dança não há idade.

Anúncios

7 thoughts on “There’s no Age for Dancing

  1. Paulo, sempre a nos encantar com a diversidade de tuas postagens. Assistir este vídeo e ver duas gerações expondo a sua arte, dois talentos, um já consagrado, o outro a surgir no cenário da dança, foi realmente um presente de magia ao nosso olhar.
    Teus alunos continuam a surpreender com a criatividade (galo/gala) e um raciocínio próprio da idade. Também gostei muito da postagem sobre a música, de onde vem, a que atinge, enfim, muito bem analisado, pois ela vem de muitos lugares, inclusive do “doirado do trigo ou o cinzento do granito… o orvalho pela manhã… o pôr-de-cada-sol e a saudade”… Uma bela definição!
    Enfim, meu querido, andei meio sumida, mas voltando aos poucos ao convívio dos amigos que tanto prezo.
    Por aí, a Primavera chegando! E aqui, a receber o Outono! Dias amenos, depois de um intenso calor.
    Que da neve e (ainda) do intenso frio, possam surgir flores coloridas para enfeitar teu olhar e perfumar a tua alma.
    Meu carinho,
    Helena

    Liked by 1 person

    1. Olá Helena.
      Bem-vinda, uma vez mais. Também ainda não consegui retornar ao blogue como antes. Não sei se por cansaço, receio da exposição ou incerteza da plataforma a utilizar. Todas as alternativas parecem-me viáveis.
      Por aqui, uma Primavera bem inusitada. Algo parecida com o vosso Outono. Temos tido calor e agora avizinha-se o frio, a neve, a chuva, a aborrecida geada.
      Persistam flores e frutos que encantam as nossas almas.
      Um beijo do Paulo.

      Gostar

Deixe a sua opinião.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s