Claudio Arrau – Debussy – Clair de Lune

música, poema

Para relaxar.

 

Clair de Lune é um poema Francês escrito por Paul Verlaine, aqui traduzido em inglês, em 1869. É a inspiração para o terceiro e mais famoso movimento de Debussy’s 1890 Suite bergamasque com o mesmo nome.

Your soul is a chosen landscape
Where charming masqueraders and bergamaskers go
Playing the lute and dancing and almost
Sad beneath their fanciful disguises.

All sing in a minor key
Of victorious love and the opportune life,
They do not seem to believe in their happiness
And their song mingles with the moonlight,

With the still moonlight, sad and beautiful,
That sets the birds dreaming in the trees
And the fountains sobbing in ecstasy,
The tall slender fountains among marble statues.

Anúncios

4 thoughts on “Claudio Arrau – Debussy – Clair de Lune

Deixe a sua opinião.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s