Contrastes

escrita

   Pelas manhãs, Alexandra procura um novo amanhecer. O despertar dos sentidos que norteiam o ser. Mas nem sempre é fácil. Por vezes, a escuridão adquire uma dimensão inaudita, sendo que as noites preenchem os dias e os dias preenchem as noites.

   A lágrima percorreu aquele rosto outrora límpido, não escavado pelo clima agreste e muito menos devastado pela solidão. O tempo que é tempo percorreu-lhe as vísceras, imunes à calamidade de um só mundo. Este, é aquele que manifesta a indiferença, o repúdio e a insensatez.

   Sabes bem, afinal já não há heróis.

Sand

Advertisements

5 thoughts on “Contrastes

Deixe a sua opinião.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s