Abuso Sexual: Marcas que não se apagam

artigo da imprensa, educação

Abuso Sexual: Marcas que não se apagam

Artigo escrito pela psicóloga Adriana Santos, para o portal Educare, no dia 12 de junho de 2015.

Criança by Geralt @Pixabay

Criança by Geralt @Pixabay

Anúncios

2 comentários sobre “Abuso Sexual: Marcas que não se apagam

    1. Ainda ontem falava com uma prima, que me veio visitar, não obstante também ao seu pai, ter sido diagnosticado cancro no pâncreas, a este respeito. Quando me apareceu o 1.º caso, assistia-se na TV ao decorrer inicial do “Casa Pia”, fiquei em choque, Aquilo não existia no meu mundo. Por outro lado, verifiquei o quanto é diferente assistir a algo na Tv, ainda que aberrante e ter casos semelhantes nas nossas mãos. Com o que se passa na Tv reagimos, é certo. Mas de certa forma, é como se fosse uma novela. Há uma barreira grande entre os diferentes atores. Na realidade nada é assim!

      Curtir

Deixe a sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s