Aprender as frações lá por casa

Artigos, educação, escrita

Atualmente, as frações têm grande destaque, no ensino da matemática, no 1.º ciclo do ensino básico. Agora, é exigido,aos alunos dos 3.º e 4.º ano, o que antes não era facilmente compreendido, pelos pares, de nível mediano, do 6.º ano, quando em vigor os ainda antigos programas.

A fração tem cinco significados e a exploração de cada um deles é de vital importância. Mas, os programas são muito extensos!

Desde cedo, há expressões que devem ser incutidas, no vocabulário/discurso da criança. Destas fazem parte, “um quarto de hora”, “meia hora” e “três quartos de hora”; por exemplo. No entanto, mais cedo ainda, por exemplo, à mesa, na interação com os pais e/ou avós, é importante comunicar com a criança, demonstrando-lhe, de forma não formal, que: -“O teu copo está cheio de água. És capaz de encher metade do copo do avô com água? E um quarto do meu?” Sem que se aperceba, na criança promovem e desenvolvem-se estruturas que mais tarde facilitarão a aprendizagem de conteúdos abstratos.

O chocolate Kit Kat, da Nestlé, não procurando fazer qualquer tipo de publicidade, é uma excelente forma de incutir, no seio familiar, alguma linguagem e conhecimentos relacionados com as frações próprias. Uma vez mais, tal deve fazer-se desde cedo e não apenas quando os conteúdos são abordados na Escola.

KitKat

KitKat

Eis alguns possíveis exemplos de abordagem:

  • “Vais comer apenas um quarto do KitKat!”
  • “Vou dar-te um quarto do chocolate e um quarto ao teu amigo, Rodrigo. Que porção vou dar a ambos? Esta é o mesmo que metade?”
  • “Hoje a mãe diz precisar de um miminho. Vamos dar-lhe quatro quartos deste KitKat? Irá sobrar alguma porção para nós? E se lhe dermos três quartos do chocolate, que porção restará para nós?”.

Com este chocolate, entre outros, também as frações impróprias são facilmente entendidas: – “O João Pedro comeu cinco quartos de um KitKat. A mãe ficou triste dizendo que assim continuasse podia vir a desenvolver algumas doenças da civilização. Afinal, ele comeu mais ou menos do que um chocolate? Que porção?”

Nas receitas de culinária, muitos exemplos há, onde se utilizam frações. Por exemplo, no blogue À Grande e à Portuguesa , a minha atenção foi para a receita de Bolachas de Côco com Pepitas de Chocolate. Do agrado de miúdos e graúdos, a sua exploração e se possível execução, pode mostrar a muitos, a utilidade das frações. Por outro lado, quebra o grau de subjetividade que as envolve.
Experimente e… passe a palavra.

Anúncios

Deixe a sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s