Sabias que

escrita, Eu & o blogue

O gato

Sabias que

quando invejas alguém, é porque na verdade gostas dessa pessoa?

 

Sabias que

aqueles que parecem ter um coração muito resistente às adversidades são, na verdade, frágeis e sensíveis?

Sabias que

por vezes, aqueles que passam o seu tempo protegendo os outros, são aqueles que, na verdade, precisam também, quem os proteja?

 

Sabias que

três das expressões mais difíceis de dizer são: <<<gosto de ti>>, <<desculpa>> e <<ajuda-me>>? Trata-se daqueles que confiam em ti e em ti depositam esperança, quantas vezes, para permanecer neste mundo.

 

Sabias que

aquelas pessoas que ocupam grande parte do seu tempo como companheiras e ouvintes dos outros, ajudando, são aqueles que, muitas das vezes, também precisam de uma mão ou de uma palavra amiga?

 

Sabias que

aqueles que se vestem de vermelho são os que têm mais confiança em si próprios?

 

Sabias que

aqueles que se vestem de amarelo são aqueles que apreciam a sua própria beleza?

 

Sabias que

a maioria daqueles que se vestem de preto, são os que querem passar despercebidos, podendo, em alguns casos, precisar da tua ajuda e compreensão?

 

Sabias que

quando ajudas alguém, energias positivas a ti retornam? 

 

Sabias que

muitas vezes, aqueles que mais precisam da tua ajuda são aqueles que menos a solicitam?

 

Sabias que

pela escrita, podes encontrar-te e assim fazer as pazes com quem te provoca dor?

 

Sabias que

para a maioria das pessoas, é mais valioso o dinheiro do que uma amizade?

 

Sabias que

pela e com a fé, podes tornar a maioria dos teus sonhos realidade?

 

Artigo recebido por correio eletrónico, em 30 de janeiro de 2011,sem referência ao autor, adaptado por Paulo Vasco Pereira.
Anúncios

2 comentários sobre “Sabias que

  1. “Sabias que

    quando invejas alguém, é porque na verdade gostas dessa pessoa?”
    hmmm, duvido! Senti alguma inveja dos meus colegas por ter as melhores notas, e tentaram “lixar-me” a vida ao máximo. Desde irem ter com professores pedir para ver o meu exame, não me dizerem propositadamente recados de professores, etc. Penso que se gostassem de mim não o faziam. Não sei até que ponto essa frase se aplica 😉

    Curtido por 1 pessoa

Deixe a sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s