O afeto e a vulgaridade

diário, escrita

A vida é feita de momentos que constam nas páginas que se escrevem e reescrevem no destino por nós traçado, com ou sem a ajuda de forças e vertentes “ocultas”.

É durante os momentos sem cor, como o de hoje, que se distinguem as estrelas dos irrisórios planetas que num ápice se extinguem.

Afinal, a formação pessoal da generalidade dos “astros” desta galáxia, impede olhar o outro como seu semelhante. Da mesma forma, esboçar um ínfimo ano luz de preocupação.

Desânimo @ Pixabay

Pudesse eu relatar toda a minha verdade…

Anúncios

Deixe a sua opinião.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s