Uma só alma

escrita, fotografia

Acorrentado às vampirescas grades humanas, padece.

Sedentas do sangue e da sua alma, ignóbeis e traiçoeiras mulheres doentes no cio procuram roubar-lhe todo o ar que ventila.

Porém, de nada adianta as punhaladas nas costas ou no coração dolente, protegido pelo Amor dos Amigos. Afinal, quando a Alma está em harmonia com a razão, de que servem as verborreias desprendidas ou até mesmo a agressão?

Naquela noite…
Nesta noite…
Na dança das bruxas, o fecundo esperma resultante da orgia que tanto anseiam, lambuza-lhes os rostos ora carentes ora histéricos, pelo fálico instrumento que sofregamente devoram. O sentimento a poucos pertence!…
Ele, com uma só alma, despido e com os pés doridos pelo solo rochoso, distante olha o horizonte, alheio a esta conjetura. Salta do alto da montanha rumo ao sonho, que crê encontrar no eterno vazio.

Anúncios

2 comentários sobre “Uma só alma

  1. Bom dia amigo.
    Esventraste aqui um interior. As palavras são de falsidade e hipocrisia.
    Muitos dias se transformam nas lágrimas dos que choram.
    Muitas noites serão as estrelas que nos escondem.
    No fim vencerão os que se afastam dessas guerras.
    A vida não pára na maldade. Os heróis renascem mais perfeitos…

    Curtir

Deixe a sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s