Sobre Mim de Cecília Meireles

literatura

Albert Watson Mick Jagger in Car with Leopard, Los Angeles, 1992

Tu tens um medo:
Acabar.
Não vês que acabas todo o dia.
Que morres no amor.
Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.
Que te renovas todo o dia.
No amor.
Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.
Que és sempre outro.
Que és sempre o mesmo.
Que morrerás por idades imensas.
Até não teres medo de morrer.
E então serás eterno.

Anúncios

7 comentários sobre “Sobre Mim de Cecília Meireles

  1. Notável e Fabuloso Poeta Amigo:"…Que te renovas todo o dia.No amor.Na tristeza.Na dúvida.No desejo.Que és sempre outro.Que és sempre o mesmo.Que morrerás por idades imensas.Até não teres medo de morrer…"Um poema que nos faz encontrar com o fim e o inicio da vida.Parabéns. É um poema admirável.Desejo-lhe felicidades e harmonia para si e para a sua família de sonho.Festas Felizes.Só concebe a beleza e o encanto.Abraço amigo de respeito, amizade e estima gigantesca.MUITO OBRIGADO pela simpatia no meu blogue que gostei muito.Sempre a admirá-lopenaBem-Haja, poeta enorme.É fantástico.Bem-Haja, pela honra da sua amizade pura e fantástica.Adorei.

    Curtir

  2. @Paulo Vizeu é um enorme prazer poder divulgar as tuas obras fotográficas neste meu humilde espaço.@Teca, Paulo, Lídia, Pena e Crystal – Boas Festas e um Grande obrigado.Abraço do paulo

    Curtir

Deixe a sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s