Aquele homem Só

Eu & o blogue

 

Um olhar acompanhado pela falta de expressão.
Um corpo que se desloca, nas ruas da cidade, de café em café, só. Eternamente só…
Uma tosse estranha que sitia o inseparável cigarro, nos recantos da provável amargura.
 
Desconheço o seu estado psicológico mas naquele homem projecto o meu Eu no futuro.
 
Talvez, dadas as condições económicas, a sua solidão não seja absoluta mas quantos idosos viverão neste contexto?
 
Ficção?
Não, … realidade.
Homens eternamente sós.
Advertisements

Deixe a sua opinião.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s