Há dias assim

diário, escrita
Stand up de Issaurinda Brisos
 
Imagino que seja como este o rosto do seu pai. Não sei…
Portador de deficiência motora, sem uma perna e alcoólico. Assim é o seu progenitor, aquele em quem confia e consegue desculpar a passividade que, no seu entender, justificam todas as vezes que passa fome.
A mãe, rosto de “peixeira”, com o cabelo maltratado e quase sempre oleoso, tem ainda um outro filho, com problemas de droga, estando desempregada. Sujeita a maus tratos, revela alguma negligência para com o mais novo, apesar de o amar. Até o baptizou com o nome de um Papa! Mas amá-lo já é muito.



Histórias que vivi, momentos que percepcionei, evidências que deixaram de fazer parte integrante de mim para  mais tarde atormentarem o meu silêncio.

Em cada aula, momento, refeição e olhar sinto as entrelinhas daquele olhar evasivo. “Depressão infantil”. Procuro estimulá-lo, de todas as formas, mas não tenho sucesso. A psicóloga também não. Ele não comunica pela escrita, desenho, verbalmente ou exterioriza o seu mal estar na forma de violência/agressividade. Apenas deixa que o tempo passe, enquanto viaja no seu mundo perdido, em que muitos são os caminhos intermináveis, replecto de abismos.
Hoje, sem estar à espera, quando saí com ele e os colegas para visitar uma exposição, aproximou-se e disse: -” Sabe professor, ontem o meu pai chegou a casa e não sabia o que fazia. Com aquele problema… O vinho… Só vomitava. E tudo o que deitava fora era vinho e vermelho. Eu, minha mãe e irmão, que também estava em casa, levamo-lo para a Casa de banho mas caiu e até fez xixi nas calças!”

Eis-me aqui, numa nova cidade, escola, sem nada poder fazer. No meu interior tremi, ao abraça-lo e ao representar um abraço e olhar fortes. Até ao momento, apenas consegui que lhe sejam oferecidas as merendas da manhã e tarde. Nada graças a mim, nada de mim… Em Trancoso já teria conseguido muito mais. Raios. 

Nesta tarde, as lágrimas caíram, na sala de professores, sem que ninguém as tivesse chamado. Não esperava!
Ninguém viu…
Há dias assim!
Anúncios

Deixe a sua opinião.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s