Perdido no tempo do absurdo

diário, Eu & o blogue
De que adiantam as palavras, por entre os medos que insistem em não cessar?
 
A acção e a palavra congelam-me nesta ansiedade que aprisiona e acorrenta.
Como posso, de novo, ter-me deixado cair?
 
Felicito-me, apenas, pela noção que tenho deste meu estado. Sei não tão decadente, como em tempos atrás, na época do meu primeiro blogue (spaces.live.com). Não posso permitir que de novo tudo se repita.
 
Escrevo parágrafos, apago-os…
Reinicio.
Queria ainda saber e poder chorar.
Vivo tempos nos quais não sinto o espírito familiar, conforto profissional, um país em harmonia…
Aqui não pertenço.
 
 
 
Por que razão, neste país, os professores são tratados como escravos e à ditadura é chamada “democracia”?
Por que razão, naquele reunião, quando denunciei a aluna que morde os colegas ainda fui “vaiado” pela Directora de Turma?
Por que razão continuo com um olfacto tão apurado para os problemas, dos alunos, sendo que depois, os problemas destes recaem em mim, enquanto os respectivos directores de turma os negligenciam?
Por que razão sou obrigado a ouvir alguns pais com problemas mal resolvidos no seu passado,com professores e que os projectam em alguns da actualidade?
Por que razão não tenho um aumento salarial desde 2003?
Por que razão, o facto de ser especializado é insignificante?
Por que razão nunca tive a família desejada?
Por que razão sofro de depressão sazonal herdada da mãe, associada a uma ansiedade ridícula?
 
Nada disto tem sentido.
Uma vez mais, tudo me apetece apagar. Não o vou fazer. Não irei ler o que aqui está escrito.
 
Nesta noite absurda, Seia, 5/01/08, 20h03min.
Anúncios

Deixe a sua opinião.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s